6 de Março de 2007

Pasteis de massa tenra



Eis um salgadinho do qual gosto muito e que nunca tinha feito em casa... No entanto, os pasteis de massa tenra, cuja preparação é bastante parecida com a das chamuças e das almofadinhas, são de confecção muito fácil. Gosto de os servir como entradas, mas também são óptimos para uma refeição ligeira, acompanhados com arroz de tomate, por exemplo...

Ingredientes para 15-18 unidades

Massa

- 500 g de farinha de trigo
- 3 colheres (sopa) de manteiga (ou de banha de porco)
- 2 colheres (sopa) de azeite
- 2 dl de água morna
- 1 pitada de sal
- farinha q.b.

Recheio

- 400 g de carne de vaca picada (ou outra carne à gosto)
- 1 cebola picada finamente
- 2 dentes de alho picados finamente
- 4 colheres (sopa) de polpa de tomate
- 2 colheres (sopa) de azeite
- 1 dl de vinho branco
- 3 gemas
- 2 colheres (sopa) de fécula de milho (maisena)
- 1 folha de louro
- 1 raminho de salsa
- sal & pimenta
- óleo para fritar

Preparação

Peneirar a farinha em monte sobre a bancada. Abrir uma cavidade no centro. Juntar o azeite, a manteiga (ou a banha) previamente derretida e o sal. Amassar com a ponta dos dedos, adicionando a água aos poucos até a massa de apresentar lisa e maleável. Amassar muito bem e formar uma bola. Polvilhar com farinha e deixar repousar por 30-40 minutos numa tigela.

Aquecer o azeite num tacho e refogar a cebola juntamente com o alho. Acrescentar a carne picada e levar a alourar, mexendo com frequência para a carne não formar grumos. Juntar a folha de louro e a polpa de tomate. Envolver e deixar apurar um pouco em lume brando, mexendo de vez em quando.

Regar com o vinho branco. Temperar com sal e pimenta. Deixar evaporar o vinho. Bater as gemas com a fécula de milho numa tigela. Juntar a mistura ao preparado de carne fora do lume, envolvendo muito bem. Colocar novamente o tacho ao lume, mexendo sem parar até o preparado se apresentar espesso e bem ligado. Adicionar a salsa previamente picada e deixar arrefecer.

Estender a massa com um rolo na bancada polvilhada de farinha. Recortar discos de massa com o auxílio de uma tigelinha virada. Dividir o preparado de carne pelos discos de massa. Pincelar as bordas da massa com um pouquinho de água e fechar em meias-luas, pressionando com a ponta dos dedos para soldar.

Aquecer um pouco de óleo numa frigideira anti-aderente. Fritar os pasteis de ambos os lados até se apresentarem dourados e estaladiços. Escorrer muito bem sobre papel absorvente. Servir os pasteis mornos ou frios, com salada de alface e/ou arroz.

Carne picada : Carne moída - Ramo : Maço
Pimenta : Pimenta do Reino

4 comentários:

  1. Eu adoro pasteis, e estão tão bonitos o seus Elvira!

    ResponderEliminar
  2. Ai Elvira: aventurei-me um dia a fazê-los. Sairam pastéis de massa dura e por um triz não acabou a massa no caixote do lixo antes de sairem os pastéis.
    Mas,, se me garante que a massa exterior é mesmo tenrinha, ainda estou tentada em voltar a experimentar, pois, na verdade, gosto imenso deste tipo de pastéis.
    Se quiser passe pelo meu blog hoje.Postei uma receita cuja resultado garanto.Faço-a bastantes vezes e come-se quase em menos tempo que aquele que demorou a fazer.
    BEIJINHOS
    boas receitas
    boa semana

    ResponderEliminar
  3. Oi, Elvira! Obrigada pela visita e pelo comentário tão gentil no meu blog. Fiquei muito lisonjeada, porque sou leitora do seu blog há um tempão, adoro as suas receitas, você sempre prepara pratos tão apetitosos e as fotos são de encher os olhos. Até já mostrei o seu blog para a minha mãe, porque o meu pai é nascido aí em Portugal e ela adora tudo o que diz respeito à sua terra. Eu também. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Elvira, eu adoro pastéis e de carne então. Lá em Salvador, sempre vão bem com caldo de cana. Ai que saudades de casa você me deu..

    ResponderEliminar

Tempere à gosto !