24 de setembro de 2009

Frango com cebolas caramelizadas e couscous



Para quem aprecia comida árabe e não torce o nariz perante sabores agridoces, este prato típico da culinária tradicional marroquina é uma delícia. Demora um pouco a preparar, mas vale a pena...

Ingredientes para 4-6 pessoas

- 750 ml de água
- 1 frango do campo pequeno (ou 1 galinha), cortado em 8 pedaços
- 1 pau de canela
- 1 folha de louro
- 1 vagem de cardamomo
- 1 cebola média picada finamente
- 3 dentes de alho esmagados
- 1 boa pitada de fios de açafrão
- sal & pimenta preta moída no momento
- 1/2 colher (chá) de gengibre em pó

- 250 g de couscous médio (sêmola de trigo)
- 2 colheres (sopa) de azeite
- 500 g de cebolas cortadas em rodelas finas
- 75 g de passas de uva
- 1/2 colher (chá) de canela em pó
- 1 pitada de noz-moscada
- 1 colher (sopa) de mel líquido

Preparação

Colocar o pau de canela, a folha de louro e a vagem de cardamomo num saquinho de pano ou dentro de um infusor de chá. Fechar e reservar.

Colocar os pedaços de frango e a água num tacho; levar a ferver. Juntar o saquinho de cheiros, a cebola picada, os alhos esmagados, o açafrão e sal à gosto.

Baixar o lume e cobrir com uma tampa. Cozinhar por 1h00-1h15, ou até o frango se apresentar tenro e bem cozido. Temperar com o gengibre e alguma pimenta 5 minutos antes do final da cozedura.

Entretanto, colocar o couscous numa tigela ampla e cobrir com água. Abrir sulcos entre os grãos com as pontas dos dedos. Escorrer o couscous e transferi-lo de seguida para um tabuleiro grande. Arejar os grãos, abrindo sulcos com os dedos. Deixar repousar por 20-30 minutos, até o couscous ficar praticamente seco.

Esfregar delicadamente os grãos de couscous entre as palmas das mãos para desfazer os grumos. Temperar com um pouquinho de sal e regar com 1 colher (sopa) de azeite. Separar muito bem os grãos com um garfo.

Retirar 300 ml de caldo do frango com o auxílio de uma concha. Filtrar o caldo e coloca-lo num tacho pequeno; levar a ferver. Regar o couscous com o caldo a ferver. Cobrir e deixar repousar durante 10 minutos, ou até o couscous ter absorvido o líquido por completo.

Aquecer o azeite restante e juntar as rodelas de cebola. Saltear em lume brando até as cebolas ficarem douradas. Com a concha, retirar 200 ml de caldo do frango para uma tigela. Deitar um pouco de caldo sobre as cebolas e deixar cozinhar até reduzir. Repetir o processo até não restar mais caldo na tigela. À medida que as cebolas forem ficando moles, diminuir a intensidade do lume.

Adicionar as passas de uva, a canela em pó e a noz-mocada. Acrescentar o mel e deixar caramelizar durante aproximadamente 10 minutos em lume médio, mexendo as cebolas de vez em quando para não queimarem.

Colocar o couscous numa travessa e deitar as cebolas caramelizadas por cima. Transferir o frango e o caldo para outra travessa. Servir bem quente.

Fonte : receita adaptada do livro Sabores do Mundo - Marrocos, de Nada Saleh - Ed. Círculo de Leitores (Portugal)

Ver também : Couscous de frango e batata doce

Frango do campo : Frango caipira - Pimenta : Pimenta do reino - Passa de uva : Uva passa

14 comentários:

  1. Que refeição saborosa e de bom aspecto!
    Parabéns!
    :o)

    ResponderEliminar
  2. esta com mto bom aspecto sim!!! nunca comi assim comida arabe até era capaz de gostar!!! beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Nunca comi couscous e admito que tenho algum receio de provar comidas diferentes...em boa verdade sou uma esquisita de primeira com comidas diefrentes!

    Mas o aspecto é tentador!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Adoro couscous e esta receita vai ser testada em breve :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Deve ser uma delícia. Gosto muito de couscous

    ResponderEliminar
  6. Elvira, que prato gostoso!
    Adoro couscous e junto com frango e cebolas caramelizadas...deve ser bem saboroso.
    Receitinha anotada! Parabéns!
    Beijão
    Thais

    ResponderEliminar
  7. Só não gosto de passas e não sei se gosto de couscous mas adoro comida agridoce :)

    ResponderEliminar
  8. que receita maravilhosa essa.. fico a imaginar o sabor que deve ser..já imprimi....bjus

    ResponderEliminar
  9. Eu não torço o nariz de certeza absoluta pois adoro o agridoce eheheh
    O pior, é o meu pessoal sniff

    ResponderEliminar
  10. Oi , gosto muito do teu blog, eu tb tenho um blog sobre artesanato em geral e outro sobre culinária
    e agora estou disponibilizando aos meus leitores download gratuitos de revistas encontradas pela net sobre os dois temas culinária e artesanato,os endereços são http://agulhaetricot.blogspot.com e o A la Tita Carré http://alatitacarre.blogspot.com ,visite-me, e também apareça em minha loja online Maison by Tita carré, http://maisontitacarre.blogspot.com e http://www.elo7.com.br/titacarre , beijo.

    ResponderEliminar
  11. Eu não torço o nariz pra comida alguma
    interajo com elas
    beijos e bom final de semana

    ResponderEliminar
  12. AnaBenfica,
    Se todos os povos do mundo fossem tão esquesitos com comidas diferentes como nós, Portugueses, somos, nenhum turista nunca se atreveria a provar a nossa carne alentejana que, vista do estrangeiro, garanto-o, é uma coisa realmente esquesita (comer carne com peixe...??!!). No entanto, esse prato é um dos melhores ex-libris da nossa culinária lá fora. Não podemos não provar só porque vem de fora, senão perdemos muitas coisas boas. E a comida marroquina é uma delas... ;-)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. elvira desde ja as minhas descvulpas pela falta de visitas aos eu cantinho
    ando atrasada a meses e com a falta de tempo sofre os nosso shobbies.
    quye belo frango
    eu por aco nunca comi cuscus
    esta delicioso.
    beijinhos

    ResponderEliminar

Tempere à gosto !