5 de dezembro de 2007

Piza de tomates-cereja, mozzarella e rúcula



Esta piza genuinamente italiana não tem nada a ver com aquelas que costumamos comer nas grandes cadeias de pizarias internacionais. É muito mais delicada e saudável. Na brincadeira, o meu marido costuma dizer até que é "piza só para mulheres"...! Uma delícia simples e de bom gosto.

Ingredientes para 3-4 pessoas

Massa

- 1 colher (chá) de fermento padeiro em pó (tipo Fermipan)
- 1 pitada de açúcar
- 250 g de farinha de trigo
- 1 colher (sopa) de azeite
- 175 ml de água morna
- 1 colher (café) de sal fino
- farinha para polvilhar
- azeite para untar

Cobertura

- 300 g de tomates-cereja
- 2 dentes de alho esmagados
- 1 boa pitada de malagueta em pó
- 3 colheres (sopa) de azeite
- 200 g de queijo mozzarella ralado grosseiramente
- 100 g de rúcula
- flor de sal
- pimenta moída na altura

Preparação

Preparar a massa : numa tigela grande, dissolver o fermento juntamente com o açúcar, 1 colher (sopa) de farinha e 25 ml de água morna. Deixar repousar por 5 minutos e juntar o resto da água. Adicionar o sal, o azeite e metade do resto da farinha. Mexer com a mão até obter uma pasta.

Acrescentar a farinha restante aos poucos, amassando até obter uma massa húmida e maleável. Se isso for necessário, juntar mais um pouco de água ou de farinha. Formar uma bola e cobrir a tigela com um pano. Deixar levedar por 1 hora num local aquecido e ao abrigo de correntes de ar.

Colocar os tomates-cereja numa tigela grande e esmagá-los com os dedos. Juntar o alho esmagado, a malagueta em pó e metade do azeite. Deixar tomar gosto por pelo menos 30 minutos.

Pré-aquecer o forno a 230ºC. Polvilhar uma forma para pizas com farinha e reservar.

Amassar a massa até ficar bem elástica na bancada polvilhada de farinha. Estender a massa com um rolo, formando um disco com a borda ligeiramente mais espessa. Forrar a forma com a massa.

Espalhar o preparado de tomates pela massa com o auxílio de uma colher. Distribuir o queijo mozzarella ralado e pincelar as bordas da massa com azeite. Levar ao forno por 20-25 minutos, a 230ºC.

Retirar a pizza do forno e desenformá-la delicadamente. Polvilhar com um pouco de flor de sal e de pimenta. Espalhar a rúcula pela piza e servir de imediato.

Ver também : Piza de curgete e mangericão

Mozzarella : Mussarela
Fermento padeiro em pó : Fermento biológico granulado
Pimenta : Pimenta do reino

24 comentários:

  1. Nossa vida!!
    Logo cedo sentir esse cheirinho de pizza..humm...
    Agora vc caprichou!! Mussarela e rúcula é tudibão mesmo..:]
    Beijinhos pra vc, tá?!

    ResponderEliminar
  2. delicia...já guardei receita...beijinhos doces

    ResponderEliminar
  3. Eu adoro esta pizza, é mais leve e fresca e é muito boa! Se levar uns pedacinhos de presunto parma por cima, então... :) Delícia!

    Beijos *

    witchie
    http://caosnacozinha.wordpress.com

    ResponderEliminar
  4. Eu adoro esta pizza... rúcula e tomates, uma combinação básica e deliciosa!

    ResponderEliminar
  5. É a minha pizza favorita, mas só é boa em dois ou três restaurantes - depende grandemente da qualidade da massa. Escuso de dizer que guardei religiosamente a receita!

    Bj

    ResponderEliminar
  6. Essa é das poucas pizas que como com prazer... beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Eu prometo não guardar a receita...
    Vou fazê-la no próximo domingo!

    http://bacalhaucombatata.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Fátima (cemporcentoacucar.blog.com)5 de dezembro de 2007 às 13:16

    Acho que devias abrir uma pizzaria...Irias destronar certamente muitos restaurantes italianos, tenho a certeza!!!
    Masi uma pizza com óptimo aspecto e sabor, claro!!

    ResponderEliminar
  9. Se eu tivesse que escolher uma única comida que eu mais gosto, seria a pizza! Então, imagine se eu não vou testar essa receita.

    ResponderEliminar
  10. Oi Elvira, então e com brocolos em cima já experimentas-te - Comem muito em Italia, deliciosas :)

    Bjinhus :)

    ResponderEliminar
  11. Acho que vou fazer esta pizza só para mim! Pois porque é mesmo muito delicada nada daquelas farturas gordurosas que a maior parte dos homens gostam, pelo menos o meu, he, he, he...

    Eu gostei muito e vou fazer, ai vou, vou.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  12. Adoro este tipo de pizza, com massa não muito grossa e com um recheio suave, sem quilos de molho de tomate e de queijo. Como cá em Lisboa só se consegue comer em 2 ou 3 restaurantes, com esta receita preciosa, já posso fazer em casa!

    bjs

    ResponderEliminar
  13. Adoro rúcula na pizza!
    E que massa linda!
    Adorei o 'pacote'!
    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  14. DEve de estar um espanto. Bom, lás vou ter que copiar mais uma das suas receitas!

    ResponderEliminar
  15. Olá Elvira, estou começando agora com as pizzas! Essa deve ter ficado deliciosa, as cores me atrairam muito. Parabéns!
    É uma grande satisfação conhecer seu blog!
    Meu nome é Cristina. Adoro cozinhar, aprender novas receitas e compartilhar. Coleciono livros e receitas culinárias.

    Se você quer trocar idéias e novas experiências sobre culinária, e ainda desfrutar de uma boa amizade,visite meu blog http://mixdesabores.blogspot.com.
    Atualizo quase que diariamente com receitas, fotos e variedades.
    Fico imensamente agradecida se você me incluir na sua lista de blog´s, para me ajudar na divulgação.

    O endereço é: http://mixdesabores.blogspot.com

    Seja bem vinda! Muito Obrigada!
    Com carinho, Cris.

    ResponderEliminar
  16. Elvira, acho que essa pizza eh bem comum nas pizzarias brasileiras. Eu adoro e faco em casa as vezes. um beijo,

    ResponderEliminar
  17. Minha pizza preferida a unica diferença e que uso tomates redondos acho que com tomatinhos cereja ficou mais charmosa.

    ResponderEliminar
  18. Tomate cereja eu como de qualquer jeito. Ô coisa deliciosa!

    até
    Alessander Guerra
    www.cuecasnacozinha.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. Já percebi, os homens cá de casa detestam rúcula, por isso esta pizza é só para mim... Boa!

    ResponderEliminar
  20. Esta receita eu faço constantemente e é execelente. e se quiser fazer uma crostata, basta deixar a massa bem trabalhada. Fica uma delícia !

    ResponderEliminar
  21. gosto tanto dessa pizza. a tua está perfeita. beijos

    ResponderEliminar
  22. Aí amiga essa vai pintar no jantar daqui de casa hoje. :)

    ResponderEliminar
  23. Bem ao estilo italiano, mesmo! Já me tinham avisado que as pizzas em Itália, são muito diferentes das que comemos em Portugal. E é verdade mesmo! Mas também já por lá andam algumas versões mais calóricas e gordurosas!

    Um encanto, esta foto!

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Tempere à gosto !