1 de Dezembro de 2009

Galinha cerejada com arroz de forno



Este prato tipicamente algarvio deve o seu nome ao facto da pele da galinha adquirir uma cor semelhante à da cereja durante a sua confecção. É um prato tradicional muito simples, mas que me enche as medidas. A galinha fica confitada, com a pele bem tostada e crocante... uma delícia! Serve-se tradicionalmente com arroz de forno feito com o caldo de cozedura do galináceo. A receita é da autoria de José Vila, artista e alma do célebre restaurante algarvio Adega Vila Lisa.

Ingredientes para 4 pessoas

- 1 galinha tipo caseira (ou um frango do campo), cortada em pedaços grandes
- 100 g de toucinho fumado cortado em pedaços grandes
- 4 colheres (sopa) de banha
- 6 dentes de alho esmagados com a pele
- sal grosso

Acompanhamento

- 1 colher (sopa) de azeite
- 1 cebola pequena picada finamente
- 2 folhas de louro secas
- 250 g de arroz carolino
- 2 dentes de alho picados finamente

Preparação

Colocar os pedaços de galinha e de toucinho num tacho grande. Cobrir com água e temperar com sal. Levar a ferver e baixar o lume. Deixar fervilhar por 1h00-1h15, ou até a galinha se apresentar tenra e cozida.

Retirar os pedaços de galinha do tacho com o auxílio de uma escumadeira. Escorrer e secar com papel absorvente. Reservar. Filtrar o caldo de cozedura e manter este quente, em lume brando.

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Aquecer o azeite num tacho. Refogar a cebola picada juntamente com as folhas de louro até alourar ligeiramente. Adicionar o arroz e os alhos picados. Envolver muito bem e regar com 1 l do caldo que serviu para cozer a galinha. Rectificar o tempero.

Transferir o preparado de arroz para uma assadeira e levar ao forno por 40-45 minutos - a 180ºC, até não restar líquido nenhum na assadeira.

Entretanto, aquecer a banha numa frigideira grande e juntar os alhos esmagados com a pele. Adicionar os pedaços de galinha e deixar alourar em lume brando. Virar os pedaços de galinha de vez em quando. Cozinhar até a pele se apresentar envolvida numa crosta cor de cereja.

Transferir os pedaços de galinha para uma travessa previamente aquecida e servir de imediato, acompanhando com o arroz de forno e salada de folhas.

Fonte : receita adaptada da publicação Grandes Chefes * José Vila - Ed. Visão (Portugal)

Frango do campo : Frango caipira - Fumado : Defumado - Papel absorvente : Papel toalha

6 comentários:

  1. Fica com um belo aspecto e o arroz também deve ser muito bom!

    ResponderEliminar
  2. Esta é daquelas receitas que eu adoro! E o meu filho também!
    Vou experimentar em breve.
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Não fazia ideia que esta receita era do meu
    Algarve, mas é uma coisa que eu adoro comer.

    ResponderEliminar
  4. que bela galinha esta elvira.
    adorei e e uma carne que tenho sempre no congelador ena capoeira hehe

    ResponderEliminar
  5. Olá, sou brasileiro e amante da cozinha portuguesa. Achei ótima a receita e eu e minha namorada vamos fazer esse prato para comer com os meus pais. Senti falta porém, de algumas palavras no glossário para brasileiros no final da receita: Tacho, lume e alourar. Creio que os significados sejam respectivamente Panela, chama e dourar, mas adoraria uma confirmação.
    Agradeço desde já a sua atenção.

    ResponderEliminar

Tempere à gosto !