21 de outubro de 2009

Vitela Marengo



Este é um grande clássico da cozinha tradicional francesa. Foi criado dia 14 de Junho de 1800 enquanto Napoleão e as suas tropas travavam uma célebre batalha contra os Austríacos em Marengo, Itália. Dunand - o cozinheiro pessoal do imperador, dispunha de poucos mantimentos naquele dia e, desesperado, acabou por improvisar "qualquer coisa" com os escassos alimentos que conseguira : lagostins de água doce, alguns tomates, ovos e uma galinha. Napoleão gostou tanto que, de regresso ao seu palácio dos arredores de Paris, pediu ao cozinheiro para repetir o prato. Inspirado pela culinária italiana da época, Dunand fez evoluir a receita de tal modo - eliminando os ovos e os lagostins, substituindo a galinha por vitela, acrescentando cogumelos, etc, que passou a não ter praticamente nada a ver com a original cozinhada no campo de batalha. Assim nasceu o veau Marengo, um guisado de vitela apurado e muito saboroso...

Ingredientes para 6 pessoas

- 1,2 kg de carne de vitela cortada em cubos
- 2 colheres (sopa) de óleo vegetal
- 50 g de manteiga
- 2 cebolas picadas finamente
- 2 chalotas francesas picadas finamente
- 200 g de cogumelos frescos - tipo champignon, laminados
- 2 colheres (sopa) de farinha
- 2 colheres (sopa) de concentrado de tomate
- 1 copo de vinho branco seco
- 1 ramo de cheiros*
- 1/2 ramo de salsa
- sal & pimenta moída no momento

* 1 folha de louro, 1 haste de alecrim, 1 haste de tomilho, rama verde de alho-francês, tudo atado com fio de cozinha

Preparação

Aquecer o óleo juntamente com a manteiga num tacho grande. Refogar os cubos de carne com uma das cebolas picadas até alourar ligeiramente.

Adicionar a salsa previamente picada, as chalotas e a cebola restante. Polvilhar com a farinha e mexer com uma colher de pau até a farinha ficar ligeiramente dourada.

Regar com o vinho branco. Temperar com sal e pimenta. Juntar o ramo de cheiros e cobrir com uma tampa. Cozinhar em lume brando durante 1h30, mexendo pelo menos duas vezes durante a cozedura. Se isso for necessário, juntar pequenas quantidades de água para o molho não secar.

Diluir o concentrado de tomate em 3 colheres (sopa) de água e adicionar ao preparado. Juntar os cogumelos laminados. Cobrir com a tampa e cozinhar em lume brando por mais 30 minutos.

Eliminar o ramo de cheiros e retirar o tacho do lume. Transferir o preparado para uma travessa previamente aquecida e servir de seguida, acompanhando com puré de batata caseiro.

Fonte : receita adaptada do livro La Cuisine pour mes Amis, de Blanche Vergne - Ed. Solar (França)

Ver também : Novilho à moda de Burgonha (Boeuf Bourguignon) - Blanquette de vitela

Chalota : Echalote - Concentrado de tomate : Extrato de tomate - Ramo de cheiros : Buquê garni - Ramo : Maço - Pimenta : Pimenta do reino - Alho-francês : Alho porró - Fio de Cozinha : Barbante

8 comentários:

  1. Que bela receita de carne, e com lição de história incluída! Duplamente maravilhosa! Beijinhos!

    ResponderEliminar
  2. adoro vir cá...por tudo..receitas o cheirinho que fazes eu ficar a imaginar... a historias que contas!! AS RECEITAS!!! por tudo isso ADORO O TEU BLOG! beijokas Elvira!

    ResponderEliminar
  3. Elvira, que prato lindo!!!!
    Parabéns!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  4. Hummmmmmmmm, que delicioso Veau marengo, e que saudades tenho de comer um tão apetitoso como o teu !

    bjka

    ResponderEliminar
  5. Só de olhar para a foto até parece que consigo cheirar este prato maravilhoso. As voltas e trocas que um cozinheiro do séc. XIX tinha de dar para agradar o Napoleão, lol...

    Jocas

    ResponderEliminar
  6. hum esse molhinho tao cremoso abriu-me mesmo o apetite.
    que delicioso.
    beijinhos

    ResponderEliminar

Tempere à gosto !