18 de janeiro de 2007

Batatas com queijo e salsicha à Franche-Comté




A minha cara metade nasceu na região de Franche-Comté. Existe naquela zona situada a leste de França uma grande tradição de fábrico artesanal de queijos de vaca. As especialidades mais célebres são o comté, a cancoillotte e o vacherin Mont d'Or. Este último (também produzido na Suiça), vendido numa caixa de madeira de pinheiro - é bem amanteigado e relembra os queijos da Serra da Estrela. A maneira mais comum de o consumir é quente e derretido sobre batatas cozidas para acompanhar salsichas típicas de Franche-Comté - Morteau e Montbéliard. Como não é muito comum arranjar por cá o queijo Mont d'Or e as tais salsichas, costumamos preparar esta especialidade com produtos portugueses parecidos e resulta muito bem. Um prato de Inverno de comer e chorar por mais...!

Ingredientes para 2-3 pessoas

- 800 g de batatas
- 1 chourição de Seia
- 1 queijo amanteigado da Serra da Estrela*
- 1 dente de alho descascado
- 1 cálice de vinho branco seco



Preparação

Pré-aquecer o forno a 220ºC.

Descascar e lavar as batatas. Cortá-las em cubos. Colocar os cubos de batata num tacho. Juntar o chourição inteiro, sem furar a pele. Cobrir com água e levar a ferver. Deixar cozer por 20-25 minutos.

Remover o pano que costuma estar à volta do queijo da Serra. Colocar o queijo numa assadeira redonda de tamanho adaptado ao tamanho do queijo (no caso do queijo Mont d'Or, vai ao forno directamente na caixa de madeira destapada).

Com o auxílio de uma faca, retirar uma parte da crosta do queijo, na parte superior, de forma circular. Introduzir o dente de alho no queijo e regar com o vinho branco. Colocar a assadeira com o queijo no meio do forno. Deixar cozer até o queijo se apresentar derretido e líquido.

Escorrer as batatas e o chourição. Dispor as batatas num prato de servir e fatiar finamente o chourição.

Retirar o queijo do forno e mexer com uma colher na cavidade. Servir o queijo de seguida, na própria assadeira. Acompanhar com as batatas e as rodelas de chourição (cada um se vai servindo de queijo derretido à gosto para espalhar sobre as batatas).

* desta vez, tivemos a sorte de receber através dos correios um magnífico e autêntico queijo Mont d'Or que este simpático senhor teve a gentileza de nos oferecer. Muito, muito obrigada, querido Patrick!

2 comentários:

  1. Elvira,

    Agrada-me esta ideia. Não fosse a, ainda, instauradíssima guerra ao colesterol já havia jantar. Rs.

    ResponderEliminar
  2. Elvira,

    Sou um pesquisador de embutidos feitos com a carne com sabor exótico de suínos e gostaria de esclarecer uma dúvida: a linguiça morteau é uma especiaria fabricada na região de franche comté. Ela é uma linguiça ou uma salsicha?

    ResponderEliminar

Tempere à gosto !