11 de Junho de 2009

Rosbife perfeito



Um rosbife pode parecer a comida mais simples do mundo, mas exige um método de cozedura rigoroso para que a carne fique perfeitamente suculenta. Esta receita costuma ser infalível. Da última vez que cozinhei rosbife, nem sobrou a mais pequena fatia para confeccionar umas sandes...!

Ingredientes para 4 pessoas

- 1 kg de rosbife (filé mignon, lombinho, contrafilé...)
- 2-3 colheres (sopa) de azeite
- sal & pimenta preta moída no momento

Molho

- 200 ml de vinho tinto
- 4 colheres (sopa) de açúcar
- 1 colher (sopa) de vinagre balsâmico
- 3 colheres (sopa) de manteiga

Preparação

Retirar a carne do frigorífico e deixa-la durante pelo menos 1 hora à temperatura ambiente. Pré-aquecer o forno a 230ºC.

Pesar a carne e calcular o tempo de cozedura: 15-17 minutos para cada 500 g. Atar a carne com fio de cozinha para que esta conserve a forma durante a cozedura. Temperar com sal e pimenta.

Aquecer o azeite numa frigideira. Dourar rapidamente a carne de todos os lados. Transferir a carne e o azeite para um tabuleiro. Levar ao forno durante o tempo calculado anteriormente.

Entretanto, preparar o molho: derreter a manteiga num tacho pequeno. Juntar o vinho, o açúcar e o vinagre. Levar a ferver e deixar reduzir para metade. Temperar com sal e pimenta.

Retirar o rosbife do forno e embrulha-lo numa folha de alumínio alimentar. Deixar repousar fora do forno por 5-7 minutos.

Remover a folha de alumínio e verter os sucos que se formaram no tacho do molho; envolver e deixar o molho fervilhar por mais 1 minuto.

Eliminar o fio de cozinha e fatiar finamente o rosbife. Servir de imediato, com o molho à parte. Acompanhar com puré de batata caseiro e salada de alface.

Pimenta : Pimenta do reino - Frigorífico : Geladeira - Fio de cozinha : Barbante

8 comentários:

  1. Ficou bem delicioso! Está no ponto, com esse tonzinho ainda rosado!
    Vou apontar e um dia destes experimento!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Querida Elvira!

    Que deliciosa proposta para um almoço! Só o aspecto é já um convite, à experiência com sucesso.
    Na Madeira tal como no Brasil usa-se barbante, para designar fio de cozinha.
    Beijinho e bom apetite para o seu almoço :)
    (Leonor)

    ResponderEliminar
  3. Realmente esta de aspecto convidativo. O molho parece tambem muito bom.

    ResponderEliminar
  4. Mas que rosbife com aspecto mais delicioso :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. Se o sabor ficou tão bom quanto o aspecto da foto, então é rosbife todos os dias, lol
    Já decorei a sugestão.

    ResponderEliminar
  6. Adorei, Elvira!

    Vou anotar! Minha mãe faz um rosbife maravilhoso, mas sei que não é assim e acho que vale a pena tentar este!

    Beijocas

    ResponderEliminar
  7. Elvira, que saudades! Depois de muito tempo voltei ao convívio da blogosfera culinária... Eu estava conferindo suas últimas receitas, e esta me deixou encantada: nunca tive coragem de fazer rosbife em casa, com medo de não dar certo! Vou testá-la em breve.
    Um grande beijo!

    ResponderEliminar
  8. Oi Elvira! Estou planejando fazer wraps com rosbife fatiado, então cheguei à sua receita. Qual peça de carne você acha que é a melhor para o preparo? Penso que farei ele com antecedência e será resfriado antes de cortar, ja que o sanduíche é frio e assim facilita o manuseio.
    Obrigada pela dica!

    ResponderEliminar

Tempere à gosto !