26 de Abril de 2007

Folar transmontano



Eu sei que a Páscoa já lá vai... Mas os folares transmontanos são óptimos saboreados em qualquer altura do ano. A receita original é tradicionalmente feita numa assadeira quadrada, mas eu dividi os ingredientes por dois e cozi-o numa forma grande tipo bolo inglês... Uma delícia!

Ingredientes para 6 pessoas

- 500 g de farinha de trigo
- 1/2 frango assado ou cozido
- 1/2 chouriço de carne
- 200 g de presunto
- 75 g de manteiga
- 75 g de banha
- 0,5 dl de azeite
- 5 ovos
- 15 g de fermento padeiro
- 1/2 colher (chá) de sal fino
- ovo batido, azeite e farinha q.b.

Preparação

Aquecer ligeiramente a manteiga juntamente com a banha e o azeite. Reservar.

Colocar a farinha em monte sobre a bancada. Fazer uma cova no meio. Juntar o fermento previamente dissolvido num pouco de água morna, o sal e os ovos. Misturar muito bem com as mãos.

Adicionar as gorduras derretidas e amassar, juntando pequenas quantidades de farinha até o preparar se apresentar com a consistência de massa de pão. Amassar muito bem até a massa descolar das mãos.

Formar uma bola com a massa. Colocar a bola numa tigela polvilhada de farinha. Cobrir com um pano e deixar a massa levedar até dobrar de volume, num local aquecido e ao abrigo de correntes de ar.

Remover as peles e os ossos do frango. Desfiar a carne grosseiramente. Eliminar a pele do chouriço e cortá-lo em pedaços. Cortar o presunto em tiras. Reservar. Untar uma forma rectângular tipo bolo inglês com azeite.

Dividir a massa em 3 porções idênticas. Estender uma porção de massa no fundo da forma. Cobrir com metade do frango desfiado e das charcutarias. Colocar outra porção de massa por cima e adicionar o frango e as charcutarias restantes. Terminar com uma camada da massa restante.

Deixar repousar por 1 hora num local aquecido e ao abrigo de correntes de ar. Pré-aquecer o forno a 200ºC.

Pincelar a superfície do pão com ovo batido. Levar ao forno por 40 minutos, a 200ºC. Baixar a temperatura do forno para 160ºC e finalizar a cozedura por mais 15 minutos.

Retirar o folar do forno. Deixar amornar antes de desenformar. Servir o folar frio ou levemente morno.

Chouriço : Lingüiça portuguesa
Fermento padeiro : Fermento biológico fresco

11 comentários:

  1. Olá Elvira! Já sou leitora deste blog há não sei quanto tempo e muito agradeço pelo trabalho solidário com que nos brinda todos os dias, mas agradeceria ainda mais se pudesse ajudar-me a fazer um prato que adoro e que cuja receita não encontro em lado algum. Camarão Quatro Queijos. Hmmm. Engorda só de pensar. Dá-me uma ajuda? Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Que lindo este folar, já está copiado, para fazer logo que tenha uma vaga.
    Não posso passar por aqui engordo de tanto comer com os olhos.
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Que lindo este prato! Acho o nome um tanto sonoro e dá vontade de comer só de falar alto: Folar! Vai entender por que...!
    Um abraço grande!

    www.mangiachetefabene.wordpress.com

    ResponderEliminar
  4. ola elvira

    que optimo aspecto que tem o folar e fora de epoca ainda sabem bem melhor...parabens

    beijinho

    ResponderEliminar
  5. Lindo Elvira! Eu tinha visto em outro blog de Portugal e ja tinha ficado morrendo de vontade de fazer agora vejo aqui. :)

    ResponderEliminar
  6. Que delicia Elvira!! Nao conhecia esta receita.

    ResponderEliminar
  7. Adorooooo he he he he bem com as tuas receitas engordo muito mas sabem sempre tão bem he he he

    ResponderEliminar
  8. Eh Eh! Que coincidencia. Acabei de colocar no meu blog um folar de carnes que fiz na Páscoa. Muito bom.
    A primeira vez que comi um folar (ou bolo) de carnes foi o ano passado. Fiquei fã.
    No Algarve não se faz muito disso.

    ResponderEliminar
  9. Adoro "Folar "
    e como ainda não tive
    oportunidade de o comer este ano :

    Vou regalar-me aqui com o teu.



    FICA UMA IDEIA NO AR
    PARA AS FERIAS.??
    Bruxellas!!!
    Vou mostrar-vos algumas fotos:

    Beijos Julie Sol

    ResponderEliminar
  10. Humm!
    Eu também tenho um folar destes para postar que experimentei no outro dia e fiz o mesmo: dividi a massa em duas!
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Muito interessante esta receita para um lanche, e pensei em aproveitar sobras de frango...

    ResponderEliminar

Tempere à gosto !