27 de fevereiro de 2006

Salada compoteada de morangos e ruibarbo



O ruibarbo é uma planta pouco comum em Portugal. Em França, é muito usada, essencialmente na realização de doces, compotas e tartes. A folha - tóxica - não é consumida, apenas o talo de cor verde e tons rosados, parecido com o do aipo, e de sabor ácido, doce e agradável. Todavia, já vi ruibarbo à venda em Portugal, em hipermercados ou lojas do Pingo Doce, e até plantado em quintais. Vale a pena experimentar!

Ingredientes para 4 pessoas

- 650 g de talos de ruibarbo fresco
- 100 g de açúcar
- 2 dl de sumo de laranja
- 250 g de morangos
- 2 dl de natas
- 1 raminho de hortelã fresca

Preparação

Lavar muito bem os talos de ruibarbo, remover as pontas duras e descascar. Cortar o ruibarbo em pedaços de 2,5 cm, mais ou menos. Lavar os morangos removendo as folhas. Cortar em metades.

Transferir os pedaços para um tacho. Juntar o açúcar e o sumo de laranja. Tapar e deixar levantar fervura. Tirar a tampa e cozinhar durante 5-6 minutos em lume brando, mexendo de vez em quando.

Juntar os morangos e cozinhar durante mais 4-5 minutos. Os morangos devem ficar cozidos mas ainda firmes.

Adicionar mais um pouco de açúcar se o ruibarbo for muito ácido. Retirar o tacho do lume e deixar amornar. Distribuir a preparação por taças. Juntar um fio de natas e decorar com folhas de hortelã.

Servir morno, com bolachas tipo Maria.


Ruibarbo

1 comentário:

  1. É coisa que nunca utilizei,nem conheço,mas vou procurar o ruibarbo.

    ResponderEliminar

Tempere à gosto !